Bom Dia, Veronica, ganha um acréscimo de peso…

0
(0)
Bom Dia, Veronica, ganha um acréscimo de peso...

O ator Reynaldo Gianecchini (Da Cor do Pecado) entrou para o elenco de Bom Dia, Verônica, série original da “gigante do streaming”, no caso, a Netflix. O seu personagem é descrito como um arquivilão, em que ele chefiará uma organização criminosa que terá vínculo com a polícia e com o poder judiciário. Vale lembrar que a primeira temporada teve como arco de vilania os atos psicopatas de Brandão, interpretado pelo ator Eduardo Moscovis (Senhora do Destino). 

O segundo ano do seriado totalizará seis (6) episódios e a expectativa é de que haja uma terceira temporada mais adiante, nomeada como Boa Noite, Verônica. Caso ela seja de fato confirmada, a previsão é de que as filmagens dos inéditos episódios devam ocorrer entre setembro e novembro deste ano.

Bom Dia, Veronica, ganha um acréscimo de peso...

Gianecchini estava na Rede Globo desde o ano 2000, quando estreou na novela Laços de Família (2000-2001), na qual fez par romântico com Vera Fischer (O Clone) e com Carolina Dieckmann (Fina Estampa), ambas mãe e filha, respectivamente, no enredo da novela citada. O seu último trabalho na casa foi na novela das 21h, A Dona do Pedaço, em 2019, ao lado da atriz Juliana Paes (A Força do Querer). 

Todavia, na Netflix, o seu personagem é descrito como um benfeitor conhecido, ou seja, livre de suspeitas, caracterizando, dessa forma, ser um inimigo de difícil combate para a protagonista Verônica (Tainá Müller de O Outro Lado do Paraíso), que não medirá esforços para derrotá-lo ao longo da trama. No seriado, a personagem de Tainá, na primeira temporada, trabalhava como escrivã na Delegacia de Homicídios de São Paulo, capital, em que mergulhou em duas investigações repletas de suspense e de ação para ajudar vítimas mulheres da violência e da injustiça. 

A série é baseada no romance policial homônimo da criminóloga Ilana Casoy (O Quinto Mandamento: Caso de Polícia) e do escritor Raphael Montes (Jantar Secreto). Eles também escrevem os roteiros, enquanto José Henrique Fonseca (Heleno) ficou a cargo da direção. A trilha sonora no primeiro ano ficou nas mãos de Dado Villa-Lobos (Romance Policial: Espinosa) e de Roberto Schilling (Malhação), com participação especial da cantora Elza Soares, parte da escolha afiada da seleção musical da dupla mencionada. 

Não deixe de se inscrever em nossos canais:
YoutubeFacebook e Instagram e de fazer seu comentário aqui no site!
Curta a página do Papo Aleatório para mais novidades.
VIDA LONGA E PRÓSPERA NERDS E GEEKS!

Related posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.