EX-CHEFE DA PIXAR VOLTA A SER CENTRO DE POLÊMICA AO SER CONTRATADO PELA SKYDANCE MEDIA

EX-CHEFE DA PIXAR VOLTA A SER CENTRO DE POLÊMICA AO SER CONTRATADO PELA SKYDANCE MEDIA
John Lasseter

Após diversas acusações de racismo e machismo, John Lasseter saiu da Disney em 2017 e ficou quase um anoem total silêncio esperando que a situação fosse esquecida. Nesse meio tempo, a famosa Skydance Media, uma das maiores produtoras de Hollywood de filmes eseriados de ficção científica, ofereceu uma posição como chefe do novo estúdiode animação, a Skydance Animation. Lasseter prontamente aceitou o cargo, porém seu passado não foi esquecido e já está gerando muita polêmica em Hollywood.

RELEMBRANDO O CASO

Durante seu tempo na Disney/Pixar, John Lasseter foi uma das mentes brilhantes que revolucionou a animação moderna e criou franquias inesquecíveis e milionárias, como Toy Story, porém havia um lado que poucos conheciam dele e que foi se acentuando com o tempo. De acordo com o site Polygon, relatos de acusações de má conduta sexual começaram a circular na própria Pixar e culminaram no surgimento de denúncias anônimas de funcionários, tanto da Pixar como da Disney, em agências de notícias. Todos os relatos apontavam que o comportamento de Lasseter era inapropriado para o ambiente de trabalho, que incentivava uma cultura empresarial onde as mulheres e afrodescendentes, ​​como Rashida Jones e Will McCormack, não tinham voz igualitária nem criativa.  Em junho de 2018, Lasseter pediu desculpas por seus erros e se desligou da Disney, embora continuasse a ser chamado para servir de consultor de animação até dezembro passado.

A POLÊMICA MAIS RECENTE

EX-CHEFE DA PIXAR VOLTA A SER CENTRO DE POLÊMICA AO SER CONTRATADO PELA SKYDANCE MEDIA
David Ellison, CEO da Skydance Media

Para abrandar as conversas polêmicas que surgiram nas redes sociais e em outros círculos de profissionais de Hollywood, o CEO da Skydance Media, David Ellison, publicou um press release onde explica:

Embora nunca possamos minimizar as opiniões subjetivas das pessoassobre o comportamento alheio, estamos confiantes que, depois de muitasconversas substanciais com John [Lasseter], bem como uma investigação conclusiva declarou, que ele reconheceu seus erros e está pronto para superá-los. Estamoscertos de que John aprendeu lições valiosas e está pronto para provar novamentesuas capacidades como líder e colega de trabalho.”

EX-CHEFE DA PIXAR VOLTA A SER CENTRO DE POLÊMICA AO SER CONTRATADO PELA SKYDANCE MEDIA

Infelizmente, Ellison não contava com o envolvimento da Time´s UP, empresa dedicada a acabar com assedio sexual nos ambientes de trabalho. Em nota oficial, a Time´s UP se manifestou contra a contratação de Lasseter e acusa a Skydance Media de ser conivente com a postura e atitudes passadas do diretor. Abaixo segue o texto na integra:  


A decisão da Skydance Media de contratar John Lasseter como chefe deanimação endossa e perpetua um sistema quebrado que permite que homens poderosos ajam sem conseqüências. Em um momento em que deveríamos exaltar asmuitas vozes talentosas que são continuamente sub-representadas, a Skydance Media está fornecendo outra posição de poder, proeminência e privilégio a umhomem que foi repetidamente acusado de assédio sexual no local de trabalho.

1) Demonstrar verdadeiro remorso.
2) Trabalhar profundamente para reformar seu comportamento.
3) Pague uma restituição àqueles que você prejudicou.

Esse é o mínimo esperado.

A decisão de contratar um indivíduo como ele têm consequências. Eoferecer uma posição de prestigio a um agressor que ainda não passou por nenhumdos três passos, é corroborar com os abusos cometidos por ele

— Time´s UP

A Skydance Animation tem dois projetos em produção que estariam sob a tutela de John Lasseter.

Curta a página do Papo Aleatório para mais novidades.

Curta também a nossa página do NERDCard no Facebook.

Não deixe de se inscrever em nosso canal do Youtube: youtube.com/c/papoaleatorio e de fazer seu comentário aqui no site.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.