ALTERED CARBON RPG: EDITOR CHEFE REVELA DETALHES!

ALTERED CARBON RPG:  EDITOR CHEFE REVELA DETALHES!

Após o anúncio do RPG oficial da franquia Altered Carbon, a editora Hunter Entertainment deixou a comunidade global de rpgistas com diversas perguntas sobre essa novidade. Hoje, Ivan Van Norman, um dos donos da editora, deu uma entrevista para a EN World onde fala de seu novo jogo.

De acordo com Ivan, a editora detém os direitos para criar jogos sobre toda a série de livros do personagem Takeshi Kovach e o sistema de RPG que está sendo desenvolvido pelo game designer Christopher J. De La Rosa possui “um pouco de DNA do sistema Cortex, Outbreak: Undead e do próprio Savage Worlds, mas é muito diferente de cada um deles”.

ALTERED CARBON RPG:  EDITOR CHEFE REVELA DETALHES!
Série de livros de Takeshi Kovachs

O editor salientou que um dos elementos mecânicos mais exclusivos é que a aquisição de bens e serviços neste mundo é bastante abstrata pois, neste cenário, existe um descomunal abismo entre ricos e pobres. Dessa forma, os jogadores poderão criar uma grande variedade de personagens que terão funções uteis no mundo de altered carbon tais como agentes da lei, mercenários, cidadãos e até socialites. A possibilidade de se criar Emissários (Envoys) e “Meths” (os ancião ultra ricos que podem clonar capas novas) existe para os jogadores, mas não é recomendado devido a sua extrema raridade dentro do contexto do cenário.

Ao ser questionado sobre os aspectos sociais, políticos e culturais do universo de altered Carbon, Ivan Van Norman deu o seguinte depoimento:

ALTERED CARBON RPG:  EDITOR CHEFE REVELA DETALHES!

“Os elementos sociais e políticos de Altered Carbon são uma das razões pelas quais fomos atraídos para essa franquia. Queremos dar aos jogadores a capacidade de contar histórias que são atraentes para eles, mas também permitir que todos se sintam à vontade, incluindo (ou excluindo) o que eles querem. A jogabilidade narrativa estará cobrindo muitas das questões mais difíceis que o mundo da AC coloca. Existem fatores que são endêmicos ao cenário; como um extremo abismo socio-económico entre Meths e o resto da humanidade, bem como a contundente realidade de como a sociedade se parece quando a personalidade jurídica de um ser humano é reduzida a literalmente apenas linhas de código. Ignorar essa questão completamente seria trair o apelo central do cenário. Em última análise, até mesmo elementos potencialmente preocupantes do universo AC destilam mecanicamente coisas que são emocionalmente estéreis no jogo. Coisas como Bagagem, Pontos de Influência e Pontos de Ego, em particular, refletem a dura realidade de AC mecanicamente, mas o que esses pontos significam ou representam [para o jogador] ou como eles são ganhos ou perdidos podem ser abstraídos e até omitidos de uma narrativa completamente, transformando-se em outro recurso de pontos para usar [durante uma aventura]. Ser inserido em uma ´capa´ com alergia ao amendoim ou misturado com o DNA de lobo são bons exemplos de algo que pode ser chamativo no jogo, mantendo a mecânica emocionalmente estéril.”

ALTERED CARBON RPG:  EDITOR CHEFE REVELA DETALHES!

Apesar do livro básico ter seu lançamento marcado para meados de 2020, a Hunter Entertainment tem planos para publicar suplementos, mas não pode dar detalhes ainda por questões contratuais, porém garantiu que mais novidades de AC serão apresentadas durante a GENCON deste ano!

Related posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.