Dica de filme: The ReZort

Esse é uma daquelas perolas que estão escondidas no catálogo da Netflix, uma dessas com as quais nós esbarramos sem querer e acabamos não nos decepcionando.

Dica de filme: The ReZort

 The ReZort é uma produção de 2015, dirigida por Steve Barker com roteiro de Paul Gerstenberger, que se passa em um mundo após um levante de zumbis, mas nesse caso aqui de forma surpreendente as coisas não foram para o vinagre, e a humanidade conseguiu superar a praga e se reerguer, trazendo a sociedade de volta a um patamar quase igual ao que estava antes do levante.

 A trama do longa se passa em torno de 7 anos após o fim da guerra, como assim eles chamam, e acompanha um grupo de turistas que vai ao ReZort, que nada mais é do que uma ilha onde uma empresária milionária montou um safari de caça aos mortos vivos, sim, as pessoas nesse mundo pagam quantias elevadas para poder ir até uma ilha atirar em zumbis.

 Durante o filme acompanhamos um grupo de turistas que foram a esse lugar com as mais variadas motivações para um passeio despretensioso, mas todos com o objetivo de exterminar alguns desmortos por pura diversão. Durante a trama algo da errado no parque, e os mortos vivos saem de controle, atacando tudo e todos a sua volta, fazendo com que o grupo tenha que se unir, por mais improvável que pareça essa possibilidade, para sobreviver a este infortúnio.

Dica de filme: The ReZort

 O longa e estrelado por Dougray Scott, Jessica De Gouw, Martin McCann e mais um monte de atores mais desconhecidos, mas que entregam uma atuação satisfatória e até mesmo, em alguns casos convincente para esse tipo de produção que não conta com muito orçamento, claro que nenhum deles tem uma atuação memorável, mas acredite quando digo que estão bem melhor do que qualquer um que tenha atuado na (desastrosa) franquia de Resident Evil nos cinemas.

 Nos aspectos técnicos dois pontos se destacam, a qualidade da produção com os cenários e Fotografia, e os efeitos práticos de maquiagem e figurino, principalmente dos zumbis, a coisa é muito bem feita, e é indistinguível de produções mais famosas e com mais orçamento do que The ReZort teve.

Dica de filme: The ReZort

 No quesito roteiro a trama segue uma formula bem peculiar que foi praticamente criada pelo grande diretor e criador desse gênero no cinema, George A. Romero, utilizando-se dos zumbis como alegorias para tecer uma forte critica social, critica essa que não posso revelar aqui sem dar um belo de um spoiler, mas que com certeza fazem o espectador pensar sobre a situação apresentada e seu paralelo no mundo em que vivemos hoje.  

Em todos os aspectos, The ReZort é um filme que vale muito a pena ser assistido, mas que não é nenhuma revolução na historia do cinema, segue claramente uma formula já pré-estabelecida, mas, que para quem curte assim como eu esse tipo de filme, vai adorar ver algo tão bem executado nos moldes que nós já conhecemos de forma esplendorosa pelas mãos do Papa do gênero, Sr. Romero.

Curta a página do Papo Aleatório para mais novidades.

Curta também a nossa página do NERDCARD no Facebook.

Não deixe de se inscrever em nosso canal do Youtube: youtube.com/c/papoaleatorio e de fazer seu comentário aqui no site!

Related posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.