CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

Este filme russo tenta explorar a lenda eslava da Rusalka, um espirito maligno que assombra os rios e lagos, mas há diversos erros de desenvolvimento em sua tentativa de apresentar uma historia de horror original e densa. O roteiro é simplista e repleto de jump scares para manter a audiência “assustada e atenta”, porém são totalmente dispensáveis já que arruina toda a tensão e drama psicológico que foi desenvolvido até o momento. Infelizmente, a trama se arrasta para apresentar os personagens e tenta se resolver com certa urgência nos dois últimos atos. O diretor Svyatoslav Podgaevskiy (A Dama do Espelho: Ritual das Trevas e A noiva) apresenta um filme de horror criado fora dos moldes de Hollywood, mas ainda recorre a clichês nada originais apesar de mostrar competência em diversas cenas.

A atriz Viktoriya Agalakova é convincente em seu papel de Marina, a noiva de Roman, trazendo credibilidade emocional a sua protagonista. Apesar de ser seu quarto filme, essa atriz de 22 anos tem se mostrado uma das mais proeminentes estrelas do cinema russo da atualidade e já havia trabalhado antes com o diretor no filme “A Noiva”, cuja interpretação de Nastya foi bem elogiada.

CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

Viktoriya Agalakova

O maior destaque interessante é a atriz Sofia Shidlovskaya que interpreta Lisa Grigorieva, o “monstro” do filme, que mostra uma boa presença de tela, demonstrando que pode ser assustadora sem estar misturada a nenhum efeito visual. Agora, o ator Efrin Petrunin que interpreta Roman, o homem que a criatura se apaixona e deseja coloca-lo em seu reino de mortos abaixo das águas, é um péssimo ator.

CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

Sofia Shidlovskaya

Os efeitos especiais da criatura do título são horríveis a ponto de deixar o resultado visual da trama muito abaixo do aceitável, mesmo que as locações escolhidas realmente lhe dêem arrepio na espinha. O diretor de fotografia Anton Zenkovich consegue obter imagens chamativas nas tomadas das cenas que às vezes podem parecer casuais, mas depois que há algum foco na cena em si, a gravação se torna inconstante e agitada, que pode irritar a audiência.

Curta a página do Papo Aleatório para mais novidades.

Curta também a nossa página do NERDCard no Facebook.

Não deixe de se inscrever em nosso canal do Youtube: youtube.com/c/papoaleatorio e de fazer seu comentário aqui no site.

Nosso veredito:

CRITICA: SEREIA – LAGO DOS MORTOS

Related posts

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.