Doomsday Clock – Parte 02 – Batman e Flash – Botton

0
(0)
Doomsday Clock – Parte 02 - Batman e Flash – Botton

Estamos de volta com o segunda parte do Doomsday Clock…

Aqui começa uma novo arco: Batman e The Flash: O Botton. Que é uma ponte que vai ligar o Universo DC ao Universo Watchmen.

A história começa com o Batman investigando o botton que estava escondido numa parede da Batcavrena, nem ele, nem qualquer outro membro da Liga sabe do que se trata, enquanto isso outros personagens tem atitudes estranhas, como Satúrnia que está em Arkhan, à mulher loira do Renascimento vê o futuro e grita: “O SUPERMAN NÃO VIRÁ! MEUS AMIGOS VÃO MORRER! A LEGIÃO VAI MORRER! E NINGUÉM PODE IMPEDIR”!

Outro paciente de Asilo que também tem crises é Johnny Thunder ou Joe Trovada grita: “O RELÂMPAGO ME DISSE PARA ENCONTRAR MEUS AMIGOS! E QUE A SOCIEDADE DA JUSTIÇA ESTÁ PERDIDA”!

Enquanto isso o Batman segui analisando o botton e o sangue contido nele sem encontra a quem pertence, insatisfeito o Cavaleiro das trevas lança o botton em uma bancada próxima a máscara do pirata psíquico e uma reação acontece. Um raio o atingi, isso lhe dá visões em que ele vê seu pai, Thomas Wayne com o traje do Batman do Ponto de Ignição, vale ressaltar que o vilão dona da máscara é um dos poucos que mantém sua memória de várias linhas temporais.

Assim o Morcegão chama o Flash para auxiliá-lo nas investigações, porém o herói escarlate está ocupado, mas um velocistas aparece, mas esse é o Flash Reverso, que havia sido morto por Thomas Wayne em Ponto de Ignição, ele havia sentido a energia emanada pelo botton e a máscara é foi até lá, agora queria o botton pra si.

Mas o Morcegão não deseja entregar e sabe que precisa de resistir por apenas um minuto até a chegada do Flash, o problema é o fato de estar lutando contra o maior inimigo do guardião de Central City.

Batman é humilhado na luta e tem a carte de seu pai destruída, o que o enfurece, mas mesmo ele não é páreo para o vilão super velocista que o deixa inconsciente e apanha o botton, mas ao fazer isso o Flash Reverso desaparece em uma luz azul, mas volta em pouco segundos e é tomado por uma chama azul, em meio à agonia da morte, o vilão alega ter visto Deus.

Logo após isso o Flash aparece vendo seu aliado e seu maior inimigo caídos lado a lado, enquanto o Batman se recupera Barry investiga o que houve ali, ao analisar o cadáver de seu inimigo ele encontra partículas da Força de Aceleração, o herói escarlate acha que o vilão tentou correr para o futuro e pode ter sido morto por isso, o Morcegão relata que viu seu pai ao ser atingido pelo raio.

Batman diz que quando o vilão sumiu possuía o botton, mas o mesmo não estava com ele quando reapareceu, assim o Flash decide viajar pelo fluxo do tempo e das realidades para tentar entender o que houve, antes de ir o super velocista admiti que desde que Wally retornou ele também tem visões, mas as dele são com o Elmo de Hermes.

O Batman se acorrenta a Esteira Cósmica do Flash e ambos parte por uma viagem por Eras e Dimensões. Ali Batman vê acontecimento que para ele não eram verdadeiros, como as Crises nas Infinitas Terra e Novos 52.

Isso traz para Flash a lembrança da fala de Wally West: “Nós estamos sendo vigiados”!

Finalmente os heróis param, mas a Esteira se despedaça e eles caiem em um local familiar para o Homem Morcego, a Batcaverna, e lá ele se encontra com Thomas Wayne, o universo do Flash Point não havia desaparecido, ao contrário do que todos imaginavam.

Mulher Maravilha e Aquaman ainda continuavam sua guerra, mas agora tinha Batman (Thomas) como inimigo em comum, assim pai e filho se preparam para defender a Batcaverna de uma ataque , Flash pensava que aquela realidade era mantida pelo Flash Reverso, mas com sua morte chegou à conclusão que uma grande força a mantinha coesa.

Flash reconstrói a Esteira para que o Batman (Bruce) e ele possam sair antes de uma novo ataque das força amazonas e atlantis combinada, neste momento a realidade perde a coesão, Bruce implora que seu pai venha com eles, mas Thomas alega que faz parte daquela realidade e não pode partir.

Enquanto lembram de ocasião em que ambos estiveram ali naquela mesma caverna juntos, Bruce diz a Thomas que ele é avô, em com empurrou de seu pai o Cavaleiro da trevas volta a Esteira e antes que o universo do Flash Point deixe de existir o Homem Morcego daquela dimensão dá um conselho paterno: ”Deixe de ser o Batman, seja o pai que eu nunca pude ser. Não por mim ou por sua mãe, encontre a felicidade”.

Assim o Flash Point deixa de existir, eles continuam seguindo a radiação emanada pelo botton, até que avistam o Flash Reverso correndo na frente deles, Flash tenta avisar ao vilão sobre sua morte, mas o velocista amarela diz que um paradoxo não pode morrer, dizendo saber a quem é o dono do botton e que vai encontrá-lo .

Flash tenta alcançar o vilão, mas uma voz o chama e pede pare que se lembre dele, então surge um raio azul, afastando os dois velocistas, neste momento o vilão consegui chegar ao seu destino, mas imediatamente se arrepende, pois percebe que está diante de um Deus, assim o Flash Reverso morre com vimos antes.

Enquanto isso Batman e Flash ainda na Força de Aceleração, continuam a ouvi o chamado, a voz pede que o velocista se lembre dele ou que pelo menos diga seu nome: Jay.

Quando o velocista faz isso, surge Jay, o primeiro super velocista, da mesma maneira que Wally West em renascimento. O Primeiro Velocista diz que também esta preso na Força de Aceleração e quer descobrir quem é o ser por trás de tanto poder.

Jay guia Flash e Batman de volta para a realidade normal deles, porém Barry não se lembra do outro velocista, assim descobrimos que o Primeiro Velocista que matou o Flash Reverso e o raio que falava com Joe Trovoada era uma referência ao herói, mas sem as lembranças de Barry para ancorá-lo ali ele se perde novamente na Força de Aceleração.

Assim Batman e Flash prometem continuar as investigações sabem que um Deus roubou vidas, tempo e memórias, depois Bruce vê o batsinal sendo acesso e hesita em atender ao chamado se lembrando do conselho de Thomas.

Por fim vemos o botton no chão, uma mão azul a apanha, a mão de um Deus, alguém que sabe que somos todos marionetes, a mão de Dr Manhatttan, a grande diferença entre nós e ele e que o Dr vê as cordas que nos guiam.

Não deixe de se inscrever em nosso canal do Youtube: youtube.com/c/papoaleatorio e de fazer seu comentário aqui no site!

Curta a página do Papo Aleatório para mais novidades.

VIDA LONGA E PROSPERA NERDS E GEEKS!

Related posts

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.